As informações deste registro é histórico gerado em 09/01/2001 ás 16:56:12.
Este espaço está como publicado , e pode ser acessado clicando aqui

Figueira – “Ficus macrophilla Desfontaines ex persoon"

A Figueira, cujo nome científico é “Ficus macrophilla Desfontaines ex persoon" , localizada no Parque Prefeito Celso Daniel é tombada como patrimônio cultural andreense, desde 11/06/1992 , sendo o registro de no. 1 no livro de tombamentos municipais.

Horário de funcionamento: Segunda-feira a domingo, das 6 às 22h

Site: http://www2.santoandre.sp.gov.br/index.php/2013-03-20-17-29-08/conselhos-municipais/33-secretarias/cultura-esporte-lazer-e-turismo/642-comdephapaasa

Email: comdephaapasa@santoandre.sp.gov.br

Telefone Público: (11) 4436-3631

Endereço: Av, Dom Pedro II, 940, Parque Prefeito Celso Daniel, Jardim, 09080-000, Santo André, SP

CEP: 09080-000

Logradouro: Av, Dom Pedro II

Número: 940

Complemento: Parque Prefeito Celso Daniel

Bairro: Jardim

Município: Santo André

Estado: SP

Descrição

Apesar de não ser uma planta nativa (é de origem australiana), a figueira chama atenção pela sua imponência e majestade, sendo o maior exemplar existente no município.
Possui altura aproximada de 20m, com diâmetro podendo chegar até 4m e o da copa, até 25m.
Sua idade é imprecisa, mas calcula-se que tenha entre 80 a 200 anos.
A árvore está localizada dentro do parque e nas suas proximidades há uma edificação que, originalmente, era a sede da
“Chácara São Luiz”, existente desde o final do século XIX. Na última reforma feita na área, em 1999/2000, a casa foi praticamente demolida, restando apenas a cobertura.

Publicado por

COMDEPHAAPASA Conselho Patrimônio Cultural

O COMDEPHAAPASA é o conselho municipal que tem como competências identificar, pesquisar, proteger e valorizar o patrimônio cultural da cidade (bens de natureza material e imaterial).
Possui 12 membros, seis representantes do governo municipal e seis representantes da sociedade civil. Realiza reuniões ordinárias mensais no auditório do Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa.