Chorinho no Museu

Descrição Curta:
O Museu de Santo André "Dr. Octaviano Armando Gaiarsa" realizará um encontro de chorões e sambistas andreenses amadores, para apresentar um repertorio variado de chorinhos e sambas, com o objetivo de integrar esses estilos musicais à programação cultural do Museu.

Classificação Etária: Livre

Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa - Antigo I Grupo Escolar de São Bernardo

ver mapaocultar mapa

13/12/2018 às 19:30 (120 minutos)

Preço: Grátis

Endereço: Rua Senador Fláquer, 470 - Centro - Santo André 09010-160

Descrição

O choro, popularmente chamado de chorinho, é um gênero de música popular e instrumental brasileira surgido no Rio de Janeiro em meados do século XIX.

O choro pode ser considerado como a primeira música urbana tipicamente brasileira e ao longo dos anos se transformou em um dos gêneros mais prestigiados da música popular nacional, reconhecido em excelência e requinte.

O samba surgiu da mistura de estilos musicais de origem africana e brasileira. O samba é tocado com instrumentos de percussão (tambor, surdo, timbau, pandeiro, entre outros) e acompanhado por violão e cavaquinho. O termo samba é de origem africana e tem seu significado ligado às danças típicas tribais do continente. As raízes do samba foram fincadas em solo brasileiro na época do Brasil Colonial, com a chegada da mão-de-obra escrava em nosso país.

O Museu de Santo André "Dr. Octaviano Armando Gaiarsa" realizará um encontro de chorões e sambistas andreenses amadores, para apresentar um repertorio variado de chorinhos e sambas, com o objetivo de integrar esses estilos musicais à programação cultural do Museu. Estarão presentes os seguintes músicos: Valdemar Ramos (pandeiro e vocal); Deo (violão 7 cordas), Mauro Carvalho (violão 6 cordas); Sales Genteboa (cavaquinho centro); Fabinho (cavaquinho solo); João Bosco (percussão); Keli Aragão (clarinete); Eurides Macedo (cantora) e convidados.

Publicado por

Mayra Gusman de Souza

Museóloga e Gerente de Documentação e Preservação Cultural no Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa